06/03/2017

Putz! Virou Meme #45

Sorvete do amor, Comentários só se ler, Somos todos iguais e Roupa inteligente.

Meme
SIGNO: AMOR – ASCENDENTE: QUEM QUISER AMAR

meme

Já tem um tempo que a Ben & Jerry’s levanta bandeiras e se posiciona diante de questões delicadas. A causa LGBT e a luta contra a discriminação é uma delas. Em uma ação feita durante o carnaval, a empresa promoveu um casamento LGBT e convidou a rainha dos memes, Gretchen, para participar da cerimônia que acabou no “maior gif de casamento que você respeita”, como nomeou a própria Ben & Jerry’s. http://bit.ly/2mYxHTp

Referências
SE NÃO LEU, NÃO COMENTA!

referencias1

Sabemos que a sessão de comentários de grandes portais de notícia é o lar de trolls da internet e de pessoas que não gostaríamos de conhecer. Raramente encontramos opiniões realmente interessantes sobre o determinado assunto. Mas e se houvesse uma forma de filtrar a sessão de comentários apenas para pessoas capazes de opinar sobre a notícia? Uma empresa pública de rádio e televisão da Noruega, a NRK, está testando um formato que busca garantir que a pessoa leu o texto antes de comentar. A ideia é simples, quem quiser comentar deverá responder a um quiz com 3 questões sobre a notícia. Legal né? Por enquanto a medida vem dando certo e o nível dos comentários melhorou significativamente. http://bit.ly/2lV2xLw

Assuntos comentados nas redes
ALGUÉM NOTOU ALGUMA DIFERENÇA?

assuntos comentados

A foto de dois meninos norte-americanos tomou as redes sociais na semana passada. Jax copiou o corte de cabelo de seu amigo Reddy para aplicar um trote na professora, que não conseguiria diferenciá-los, segundo o menino. O detalhe é que Jax é branco e Reddy é negro. No post da mãe de Jax, onde foi divulgada a foto dos meninos juntos e a história sobre o corte, ela afirma que o fato do filho não ver diferenças entre ele e o amigo é a prova de que preconceito e ódio são ensinados: http://bit.ly/2lUMJsi.

Referências
QUE TAL SE VESTIR SOB MEDIDA DE BIG DATA?

referencias2

Essa é a proposta da nova empreitada da H&M em conjunto com o Google. Através de análise de fotos do Google e APIs plugadas aos celulares dos interessados, será possível a produção de vestidos customizados que teriam como base as atividades, gostos e preferências de quem encomendou. Será possível adicionar análise de outros parâmetros, como as condições climáticas. O aplicativo está em fase de testes, mas quando pronto, será possível começar a brincadeira após uma semana de coleta de dados do usuário: http://bit.ly/2mOyJEy.